Pus-me a desenhar um peixe-beta, porque, na verdade me sinto assim como ele. Passa a vida solitário num aquário. Soube que quando colocam  dois peixes-betas no mesmo aquário ele se devoram. Um espetáculo de fúria. Estou estudando os conceitos de diferença e repetição, sobre diferenças absolutas e repetições que podem guardar características próprias sendo, em parte, originais. 

Permaneço comovida com as caravanas, travessias, caminhadas de miseráveis para cruzar fronteiras. Atravessaram inacreditavelmente todo o território do México a pé. A melhor parte do meu dia, em uma semana curta, mas que pareceu infinita, foi ler uma poesia que dizia,

A realidade

Sempre é mais ou menos

Do que nós queremos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s