sobre o que precede o futebol

Recebe o afeto que se encerra em nosso peito varonil, assim eu cantava, por obrigação, no teatro da escola que habita minhas memórias, onde foi possível aprender regras de etiqueta em desuso como: jamais aplaudir um dos hinos nacionais. Existem muitos hinos. Conforme espera-se que os bons nacionalistas saibam.

Talvez esse teatro, com seus ares subversivos, coxias e cortinas já não exista mais. Não na forma como eu me lembro dele, agora que já avançam as minhas mechas grisalhas. Com cadeiras dobráveis de madeira escura. O que ficou é a lembrança das broncas que levei, quando, incauta, aplaudia o hino nacional. Costumo pensar nisso enquanto observo as pessoas felizes, emocionadas, aplaudirem a música antes dos jogos da Copa da Mundo. Aplaudiria com gosto se estivesse ali, certamente.

Sou à favor de cantarem novas, outras, recentes músicas nos intervalos. O melhor de ter aprendido a obscura canção foi conhecer o Varonil. Anos depois, o filho da minha vizinha, pouco estudada e encantada com a palavra desconhecida batizou o menino com o nome Varonil. Palavra, por sinal, que podia ser substituída pois temos uma versão feminina e uma masculina do Hino à Bandeira.

21 de fevereiro
Não quero mais a fúria da verdade. Entro na sapataria popular. Chove por detrás. Gatos amarelos circulando no fundo. Abomino Baudelaire querido, mas procuro na vitrine um modelo brutal. Fica boazinha, dor; sábia como deve ser, não tão generosa, não. Recebe o afeto que se encerra no meu peito. Me calço decidida onde os gatos fazem que me amam, juvenis, reais. Antes era 36, gata borralheira, pé ante pé, pequeno polegar, pagar na caixa, receber na frente. Minha dor. Me dá a mão, vem por aqui, longe deles. Escuta, querida, escuta. A marcha desta noite se debruça sobre os anos deste pulso. Belo belo. Tenho tudo que fere. As alemãs marchando que nem homem. As cenas mais belas do romance o autor não soube comentar. Não me deixa agora, fera.

Ana Cristina César   

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s