>>>>

O amor é um elemento mítico em todas as sociedades humanas, mesmo nas mais primitivas, tribais, indígenas, disseram. Anotei em uma discussão sobre documentários e história. A mesma frase ouvi ontem, do Sebastião Salgado, ao participar do programa Roda Viva, sobre suas experiências fotografando na Ruanda ou em Moscou. Será mesmo? Ou São Paulo se exclui? A minha vida, pelo menos, deve trabalhar em outra frequência. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s