Borges

Outro poema dos sons

Graças quero dar ao divino

labirinto dos afetos e das causas

pela diversidade das criaturas

que formam este singular universo,

pela razão que não cessará de sonhar,

com um plano do labirinto (…)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s