>>>>

Um eletrodoméstico indispensável precisava ser trocado, escolhi um modelo preto, básico e sóbrio. Detalhe mais irritante foi essa infinidade de tomadas que já há alguns anos brota por aí. Três pinos redondos, dois pinos achatados e um redondo, dois pinos redondos e um achatado, dois pinos achatados. Uma criatividade infinita e já quase não existe tomada sem plug para adaptar neste apartamento da década de setenta, onde permanece o modelo básico, já quase não existe plug ocioso nas gavetas. Pobre cafeteira. Precisou esperar uma semana, quieta, encaixotada. É perceptível, cada ano que passa se torna mais complicado das empresas de eletroeletrônicos entrarem em consenso. Já pensou como vai ser na Copa? Existem outras possibilidades de plugs a serem exploradas? Não saberemos, afinal, o Corínthians foi campeão e todos os problemas do Brasil estão resolvidos. Pelo menos por enquanto. Vivemos aquela semana em que, como já disseram, o pãozinho sai mais quentinho na padaria, a cerveja fica mais gelada no boteco e ninguém se importa com a quantidade de furos na tomada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s