É. Um fanzine.

Já montei um, gastei grana, não ganhei nem um centavo como reza a tradição. É uma experiência muito positiva ter conhecimento de todas as etapas do processo, da diagramação e texto até a distribuição, entregar de mão em mão, para os amigos e afins. Muito recomendável aos desocupados criativos, apaixonados por música, desenho, rock, cinema alternativo, trash cult, essas coisas todas que são incríveis. O documentário é uma trilogia, as duas primeiras partes estão disponíveis no Vimeo, esta exatamente, que aparece aqui no blog se chama “As dificuldades de botar o bloco na rua e a rede social analógica”. Filmado artesanalmente por Márcio SNO.

Vale muito a pena assistir.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s