despedidas literárias, parte 1

Vou começar a colecionar despedidas das que fazem parte dos enredos dos livros.

“Al despedirmos éramos como dós chicos que se han hecho estrepitosamente amigos en una fiesta de cumpleaños e se siguen mirando mientras los padres los tiran de la mano e los arrastran, y es un dolor dulce e una esperança, y se sabe que uno se llama Tony y la otra Lulú, y se basta para que el corazón sea como una frutilla y…”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s